O que é a logística reversa pós consumo?

A logística reversa pós-consumo de lâmpadas fluorescentes é um tema de importância crescente que vem alterando a dinâmica do mercado. Como as lâmpadas são consideradas materiais perigosos no descarte, é um tema que ganhou nos últimos tempo muito destaque. No entanto, a aprovação da Política Nacional de Resíduos Sólidos, foi um dos motivos que mais incentivaram as empresas e cidades a lidar com esse resíduo.

Sendo assim, quando as lâmpadas fluorescentes são descartadas em locais inadequados podem contaminar o meio ambiente, intoxicar os seres humanos causando problemas físicos e neurológicos. Além disso, O processo de logística reversa pós-consumo de lâmpadas fluorescentes inclui o gerenciamento das seguintes etapas: coleta, armazenagem, manuseio e movimentação ainda no gerador de resíduos. Além da coleta e transporte, movimentação e armazenagem na indústria de reciclagem.

Como é feita a logística reversa?

Em primeiro lugar, sempre colocamos as lâmpadas utilizadas em sua posição origina dentro das próprias embalagens. Caso não seja possível, deverá ser acondicionada utilizando materiais como papelão, papel ou jornal e fitas autocolantes. Além disso os materiais utilizados para embalar as lâmpadas usadas devem garantir a proteção contrachoque mecânicos.

Após embaladas as lâmpadas são colocadas em recipiente portátil ou caixa para o transporte até as empresas de reciclagem licenciadas pelos órgãos ambientais. Por outro lado, as lâmpadas quebradas são acondicionadas separadamente das demais lâmpadas, em tambores de aço devidamente vedados para evitar a contaminação pelas substâncias perigosas das lâmpadas.

Como os consumidores podem ajudar nesse processo?

Os consumidores domésticos podem procurar por postos de coleta para entregar as lâmpadas usadas. Esses pontos de coleta podem ser das prefeituras ou de algumas empresas particulares, como shoppings e lojas de materiais de construção. Normalmente esses postos de coleta não cobram para receber esses resíduos. Após coletado certa quantidade esses postos encaminham para os fabricantes ou para as recicladoras. Já empresas privadas devem procurar por outras empresas especializadas para realizar o descarte das lâmpadas. Essas tratadoras realizam o tratamento das lâmpadas através da reciclagem e neutralização dos seus riscos. Porém este serviço envolve um custo para a geradora.

Benefícios

Para realizar a reciclagem de lâmpadas fluorescentes no Brasil, o custo é de quem produziu o resíduo.

Veja quais são os benefícios da logística reversa de resíduos não industriais:

  • Criar uma imagem sólida perante os consumidores;
  • Explorar ações de marketing vinculadas à logística reversa;
  • Melhorar o processo de produção já que os resíduos retornam à cadeia produtiva, o que diminui o consumo e os custos de matérias-primas;
  • Gerar produtos mais eficientes já que as empresas passam a adotar tecnologias mais limpas. Isto simplifica a reutilização e a criação de embalagens e produtos que podem ser reciclados com maior facilidade;
  • Criar consumidores mais conscientes.

A logística reversa pós-consumo de lâmpadas fluorescentes deve ser vista como uma grande alternativa para o reaproveitamento dos resíduos em um novo ciclo de vida. A logística reversa impede o aumento da poluição e da extração continuadas de recursos naturais que, em sua grande maioria, já se encontram em extinção. Além de evitar danos a natureza e a saúde do homem.

Se você também se interessou por esse tema, ou precisa colocar em prática a logística reversa pós-consumo em sua empresa ou cidade, fale com um de nossos especialistas!

Leave a Reply

(11) 4699-8888
Av. Pref. Carlos Ferreira Lopes, 703, sala 1705 – Vila Mogilar, Mogi das Cruzes – SP, 08773-490
Atendimento
Segunda à Sexta
das 8h às 18h
Começar a falar
Precisando de ajuda?